O que é e como funciona a Tabela FIPE?

O que é e como funciona a Tabela FIPE?

Quando chega a época de comprar ou vender um carro, muitas pessoas utilizam a internet para sondar o mercado e pesquisar sobre valores. É um procedimento comum não só para automóveis mas para qualquer tipo de produto: lêem opiniões, procuram saber dos problemas mais corriqueiros, valor de custo de manutenção, fazem cotações em seguradoras ou serviços de proteção veicular, etc. Essas buscas geralmente começam em sites de vendas especializados.

Pensando em todo esse trabalho, iremos falar sobre uma ferramenta bastante utilizada no mercado nacional quando o assunto é preço de carros: a Tabela FIPE.

O que é a Tabela FIPE?

É uma tabela que expressa o valor médio de modelos do mercado nacional, ou seja, serve para facilitar negociações e avaliações através dessa precificação. É um parâmetro de mercado, apresenta valores, ano e modelo, relacionando estes três fatores, sem levar em consideração outras informações como quilometragem, estado do carro, cor, opcionais, acessórios ou qualquer fator que passa influenciar o valor para mais ou para menos.

É atualizada mensalmente e é considerada a principal referência para lojistas, comerciantes e vendedores. Serve também como base para o cálculo de seguros e tributos, como o IPVA. Vale esclarecer que o índice é uma referência, e pode ser alterado por fatores de correção para cima ou para baixo, de acordo com o estado de conservação do automóvel e até mesmo a localização (alguns modelos são mais valorizados em determinadas regiões).

O proprietário também pode cobrar o valor que achar justo para o seu carro, principalmente para modelos raros ou com baixa quilometragem. Quando há presença de intermediários, é comum que os valores fiquem acima dos tabelados pela FIPE, pois são incluídas margens de lucro e comissões.

Como são feitos os cálculos?

Para chegar ao preço de mercado de um modelo, o Instituto analisa os registros de negociações dos veículos em todos os estados do país, deixando de fora as transações com valores muito acima ou abaixo da média, pois podem configurar negociações fora do padrão, como as entre familiares ou amigos. Os valores considerados são os de vendas efetivadas, o valor final, jamais o anunciado.

São levados em consideração, como dito no tópico anterior, marca, modelo e ano do carro, levando em conta sempre o fato de que o ano do modelo se sobrepõe ao de fabricação, por exemplo: em 2018, um modelo 2019 tem valor de revenda maior do que outro com data de fabricação e modelo de 2018.

Leia também: Qual o melhor momento para trocar de carro?

Como utilizar a Tabela FIPE?

Na hora de negociar, a FIPE pode ser um fator a ser discutido, já que quem está vendendo quer valorizar o seu carro e quem compra quer um preço menor. A tabela vai funcionar apenas como uma base para o negócio, para que seja possível chegar a um meio-termo onde ambas as partes fiquem satisfeitas.

O índice não deve substituir a pesquisa de mercado de maneira alguma. É recomendado consultar os valores anunciados pelas revendas ou classificados, pois algumas coisas podem influenciar no valor final.

Meu carro pode valer mais que a média da FIPE?

Para saber se um carro pode ser barganhado acima da FIPE, existem algumas regrinhas. Modelos com até cinco anos de uso e com quilometragem inferior a 10.000 km rodados por ano, de único dono e com revisões realizadas na concessionária podem valer mais do que o indicado na FIPE. Carros com mais de 100.000 km, importados ou que pertenceram a empresas podem sofrer bastante baixa no mercado e serem comercializados com valor inferior ao da tabela. Mas como já foi dito, não há uma regra, pois o preço é fruto de diversos fatores, sendo a FIPE apenas um deles.

Como consultar a Tabela FIPE?

O acesso à Tabela FIPE é 100% grátis e aberto para todo mundo. Basta acessar o site oficial. Além dele, estão disponíveis na internet outros sites com médias de preços, porém os dados utilizados por bancos, lojas e seguradoras são apenas os fornecidos pelo Instituto FIPE.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Cadastre para receber novidades