Quais são as vantagens e as desvantagens das rodas de liga leve?

Quais são as vantagens e as desvantagens das rodas de liga leve?

Para quem não entende muito de carro, as rodas de liga leve não fazem muita diferença. O que é uma pena, pois são opcionais excelentes. Além de serem alguns dos itens mais cobiçados pelo proprietários de carros, estando atrás apenas dos sistemas de som automotivos, oferecem beleza ao carro e contam com várias vantagens interessantes para quem adquiri-las, como economia do combustível, por exemplo.

Mas ainda há quem prefira as tradicionais rodas de aço com calota. Diferente do que muitos pensam, a diferença entre elas não está somente na resistência. Ficou curioso? O post de hoje irá explicar quais são essas diferenças, além de mostrar as vantagens e desvantagens desses acessórios.

O que são rodas de liga leve?

São produzidas com metais mais leves, como alumínio e silício somado a outros materiais que dão resistência sem perder a leveza, diferente das rodas de ferro. O alumínio garante a baixa densidade e o silício a resistência.

Vantagens

Design

O principal motivo de procura pelas rodas de liga leve é a questão estética. Um diferencial atrativo é o seu design: como o material é mais maleável e pode ser fundido, é possível criar diferentes modelos.

Economia de combustível

Apesar de mais espessas que as de aço, continuam pesando menos, o que gera menos gasto de combustível, já que um veículo mais leve demanda menos esforço para se locomover, reduzindo o consumo.

Menos ruídos

Por serem menos densas, o ruído gerado na fricção entre o carro e a pista é muito menor. Claro que não é um silêncio absoluto, mas o ruído em seu interior será muito menor do que o de um carro com rodas de aço.

Desvantagens

Valor

É, para a maioria das pessoas, a principal desvantagem. Por ser um material mais caro, ter um processo de fabricação mais complexo e trazer um alto valor estético consigo, o preço costuma ser bem salgado. Se forem customizadas então, os valores são ainda maiores.

Resistência

São mais leves, mais bonitas, mais caras, porém aguentam menos pancadas que as tradicionais rodas de ferro. Dependendo do tipo de uso e da maneira com que o motorista dirige (caindo em buracos, por exemplo), elas podem ser mais dor de cabeça do que diferencial. 

Manutenção

O conserto desse tipo de material, além de não ser nada simples, nem sempre é confiável, então é bom estar preparado para desembolsar muito mais caso algo aconteça. É muito mais provável que em algum momento seja necessário realizar a troca de uma roda de liga leve, diferente de uma de aço.

A roda de liga leve melhora o desempenho do carro?

Seu carro não vai acelerar e parar mais rápido por conta delas. É uma melhora quase imperceptível. Poucos modelos são fabricados com ligas tão boas a ponto de causar uma melhoria perceptível no desempenho. Estes modelos são extremamente caros e exclusivos, restritos a carros de luxo.

O que elas podem fazer é submeter a suspensão do veículo a um esforço menor, já que não se encontram apoiadas nela, o que, a longo prazo, é uma vantagem valiosa.

Elas valorizam mesmo o carro na hora da revenda?

Apesar de custarem pelo menos o dobro de um modelo de aço, esse valor dificilmente vai ser incluído no preço de um usado. O que vai fazer toda a diferença é o design: este sim, é um fator determinante que vai trazer um valor adicional.

Se você quer comprar as rodas por fora da concessionária por causa do valor mais baixo, fique ciente de que as fabricantes informam que não é possível manter a garantia, já que o acessório pode alterar a dinâmica do carro.

Como fazê-las durar mais?

Na hora de fazer o balanceamento das rodas de aço, os pesos devem ser fixados por pressão na borda do aro. Nas rodas de liga leve, por causa do fator estético, são usados chumbos tipo pastilha autoadesiva colados no aro. Ao tentar utilizar solventes para retirar a sujeira, é recomendado que as rodas estejam fora do carro, para evitar danos às peças da suspensão e dos freios. Depois, enxaguar bem para evitar manchas. E por fim, ao fazer a troca de um pneu furado, jamais subir na chave de roda para apertar parafusos: use só as mãos.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Cadastre para receber novidades

loading...